Skip To Content

Aprenda a conservar frutas e evite a perda de alimentos no dia a dia

Aprenda a conservar frutas e evite a perda de alimentos no dia a dia

Toda fruta vai para a geladeira? É melhor comprar frutas maduras? Por que algumas frutas nunca amadurecem? Armazenar as frutas de forma adequada é um desafio para muita gente. Já falamos sobre a conservação de frutas e outros alimentos aqui, mas vale aprofundarmos um pouco mais o assunto, já que as frutas não são todas iguais e pedem diferentes condições de armazenamento.

Separamos, a seguir, boas dicas de cuidados e conservação para que suas frutas durem mais tempo e se mantenham sempre frescas e com qualidade para o consumo. Confira!

Para começar

Assim que chegar em casa do mercado ou da feira, higienize as frutas imediatamente. A dica é mergulhá-las por 15 minutos em uma solução de água com hipoclorito de sódio. Assim, você se livra das bactérias e preserva os nutrientes do alimento. Importante: é fundamental secar as frutas totalmente antes de guardá-las na geladeira. Isso porque a umidade acelera o processo de decomposição.

Quando for consumi-las, lave de novo – de forma mais simples dessa vez, apenas esfregando em água corrente. Esses passos servem também para conservar os seus legumes.

Cada fruta, um cuidado

Muita gente não sabe, mas as frutas e os vegetais emitem etileno, um gás natural sem cheiro e inofensivo. Quando o etileno entra em contato com alimentos que produzem esse gás em uma quantidade menor, pode acelerar o amadurecimento deles. As frutas que são as maiores emissoras de etileno e que, portanto, devem ficar separadas das outras são: abacate, abacaxi, banana, figo, maçã, mamão, melão, pera, tomate e uva.

Na hora de guardar as frutas na fruteira, separe da seguinte forma: bananas isoladas, maçãs podem ser guardadas junto com as peras, melancias com os melões, tomates com legumes como pimentão e pepino, e frutas cítricas com casca juntas, na parte mais arejada.

Na geladeira

De forma geral, as frutas que devem ser guardadas na geladeira são as que já estão maduras e você não pretende consumir de imediato. Entre elas: abacate, abacaxi, manga, melancia, melão, morango, pêssego etc. Vale destacar também que frutas como banana, kiwi, pêssegos, ameixas e damascos são as que amadurecem mais rápido fora da geladeira.

Muito utilizado para o guacamole, o abacate tipo avocado, para essa receita, deve estar bem maduro, quase passando do ponto. Nesse caso, o ideal é comprá-lo já maduro e preparar o prato em um ou dois dias.

O tomate é outro fruto que gera muita dúvida e bastante gente tem o costume de guardá-lo na geladeira. Mas, quando refrigerado, o tomate deteriora ainda mais rápido. Portanto, o ideal é armazená-lo em temperatura ambiente, em local seco e arejado. E a dica contra o desperdício é: compre apenas a quantidade que você pretende consumir naquela semana.

Na geladeira, as frutas devem ser guardadas separadamente, em sacos plásticos ou em recipientes próprios para a conservação (hoje já existem vários modelos disponíveis no mercado) e acondicionadas na parte mais baixa da geladeira, o gavetão, que é menos refrigerado que as prateleiras superiores, evitando que as frutas fiquem expostas a uma temperatura muito baixa.

Frutas cortadas

As frutas fatiadas devem ser armazenadas separadamente em potes e conservadas em geladeira, de preferência, protegidas da claridade. No caso de uma salada de frutas, também conserve-a em recipiente fechado e consuma rápido. Outra dica é pingar algumas gotas de limão nas frutas cortadas antes de guardá-las, pois a acidez do fruto irá conservar o alimento por mais tempo.

Descubra agora formas de aproveitar suas frutas em diversas receitas nutritivas e cheias de sabor.

Próximo artigo

13 ideias incríveis para fazer a melhor festa de halloween em casa

13 ideias incríveis para fazer a melhor festa de halloween em casa