Skip To Content

Como cortar cebola: veja tipos de cortes e dicas para não chorar

Como cortar cebola: veja tipos de cortes e dicas para não chorar

Um dos ingredientes base da cozinha, a cebola é um alimento fundamental para trazer sabor aos pratos. O que seria do arroz, afinal, sem aquela cebola picadinha? Mas o potencial desse legume vai muito além de servir como tempero básico para os pratos. Ele mesmo pode ser a estrela de muitas receitas ou ainda, crua, como acompanhamento para saladas, em sanduíches, tortas, sopas e muito mais.

Para você aproveitar tudo o que a cebola tem a oferecer, ensinamos os tipos de cortes mais usados e como fazê-los. Confira:

Brunoise

É o clássico cubinho, deve medir cerca de 2mm x 2mm. Corte a cebola no sentido do comprimento. Corte a tampa, preservando apenas a extremidade da raiz, que vai ajudar a "segurar" as camadas da cebola durante o corte e deve ser descartada no final. Faça cortes paralelos no sentido do comprimento e mais dois cortes paralelos no sentido horizontal, sem chegar na extremidade. Agora é só fazer cortes paralelos finos no sentido da largura. Cuidado com os dedos! Mantenha-os virados para dentro durante o processo.

Julienne

É a tirinha fina, muito utilizada em saladas e sanduíches. Corte a cebola ao meio no sentido do comprimento. Corte as pontas, preservando apenas a extremidade da raiz. Depois, faça cortes finos no sentido da largura. Pronto!

Anéis

Outro corte clássico, vai bem com saladas, sanduíches, bifes acebolados e pratos diversos. Basta cortar a tampa da cebola e fazer cortes paralelos na espessura que você preferir.

Meia-lua

É o mesmo princípio do corte em anéis, mas, ao invés de fatiar a cebola inteira, corte-a ao meio, no sentido do comprimento, e fatie as metades.

Pétalas

São as camadas da cebola em pedaços menores. Ideal para pratos variados, principalmente churrascos e espetos. Corte a cebola no sentido do comprimento. Corte a tampa e a raiz da cebola. Corte cada metade ao meio novamente. Destaque as pétalas de cada parte. Pronto!

Gostou das dicas de cortes? Você pode testar e descobrir seus preferidos para compor os mais diversos pratos. Ah, e se você é daqueles que derramam muitas lágrimas na hora de cortar cebolas, contamos alguns truques para você não chorar mais. Confira:

  • Deixe a cebola em uma tigela de água gelada por meia hora antes de picá-la. A temperatura baixa reduz a intensidade dos gases irritantes responsáveis por provocar as lágrimas.
  • Corte a cebola ao lado de uma boca do fogão acesa ou de uma tigela com água fervente. O príncipio é o mesmo da água fria: o calor consome os tais gases irritantes.
  • Use uma faca bem afiada. Parece um conselho bobo, mas quanto mais cego o fio da faca, mais você "espreme" a cebola, liberando seus compostos. Com uma faca afiada e certa habilidade, você pica e fatia rapidinho, sem sofrimento.

Agora que você já sabe como fazer bom proveito da cebola, coloque seus conhecimentos em prática! Separamos algumas receitas em que ela brilha muito:

Batata Recheada Cremosíssima Com Cebola Caramelizada

A cebola caramelizada requer um certo tempo e atenção aos detalhes, mas não é nenhum bicho-de-sete-cabeças! Nessa receita de batata recheada cremosa, ela é um toque mais do que especial.

Hambúrguer Caseiro de Picanha e Bacon Com Cebolas Caramelizadas

Aqui a cebola caramelizada chega para variar aquele hambúrguer caseiro. Uma receita especial com carne de picanha com bacon para uma experiência gourmet!

Bolo de cebola

Sim! Isso mesmo que você leu: bolo de cebola. Fácil de fazer e muito saborosa, essa delícia vai te surpreender.

Gostou dessas dicas? Então, confira outras ideias para você incrementar sua cozinha com utensílios essenciais e preparar receitas incríveis – é só clicar aqui.

Próximo artigo

Conheça 4 livros de culinária para todos os níveis de habilidade na cozinha

Conheça 4 livros de culinária para todos os níveis de habilidade na cozinha