Skip To Content

Como fazer um risoto perfeito

Como fazer um risoto perfeito

Como fazer um risoto perfeito

Quer aprender o passo a passo para aquele risoto cremoso, saboroso e “al dente”? Organizamos todas as dicas para você acertar em cheio no preparo.

O arroz:

O primeiro passo é escolher o arroz certo. O mais conhecido é o arbóreo, mas também é possível encontrar o carnaroli com facilidade. Ambos são ótimas opções.

Curiosidade: na Itália, além desses dois, existe o vialone nano.

Todos esses tipos são ricos em amido, que é o responsável por dar cremosidade à receita.

A refoga:

A combinação clássica de manteiga (ou margarina ou azeite) e cebola, que proporciona um dos melhores aromas da cozinha.

Aqui é importante tomar cuidado para a cebola não pegar cor. Assim que ficar transparente é hora de “fritar" o arroz até fazer aquele barulhinho de chiado. Leva entre 2 e 3 minutos.

O vinho:

Assim que o arroz chegar nesse ponto é hora de adicionar o vinho, que dá um gosto todo especial e característico ao risoto. Geralmente o branco é indicado, mas dependendo da receita é possível também usar o tinto. O importante é sempre usar o vinho seco.

Deixe evaporar.

O caldo:

Ingrediente essencial para o sucesso do seu risoto, o caldo é o principal responsável por dar sabor ao prato. Por isso capriche na escolha! Knorr facilita sua vida com sua linha de caldos prontos.

O caldo em cubo Knorr nos sabores Galinha, Carne ou Legumes são os mais indicados para combinar com o risoto.

1 cubo do caldo Knorr poderá ser dissolvido em 500ml de água.

Voltando ao preparo:

Assim que o vinho evaporar, é preciso já ter seu caldo aquecido em uma panela e incorporar no arroz aos poucos. Nossa dica é que você coloque uma concha por vez, só acrescentando a seguinte quando o arroz tiver absorvido a anterior.

Fogo alto e mexendo sempre:

Risoto é uma receita que exige atenção, já que você precisa mexer o tempo todo, e em fogo alto, para ajudar o arroz a liberar seu amido. Assim o resultado vai ser ainda mais cremoso.

Para finalizar:

Assim que o arroz tiver no ponto, coloque a última concha de caldo. Desligue o fogo e junte o queijo parmesão e manteiga ou margarina.

Mexa bem até obter um risoto bem cremoso.

Essa etapa final também é conhecida como “mantecatura”, termo usado na Itália.

Agora é só escolher o sabor e colocar as dicas em prática!

Confira nossas 5 dicas de combinações de sabores:

Risoto de abóbora com gorgonzola

Risoto de shitake e shimeji

Risoto de tomate com abobrinha

Risoto de bacalhau com amêndoas

Risoto de frango com pera

Dica extra: sobrou risoto? Prepare deliciosos bolinhos de risoto! Ficam deliciosos e é sucesso garantido. Clique aqui para ver a receita.

download ebook massas mobile

Próximo artigo

5 receitas econômicas para o mercado render mais

5 receitas econômicas para o mercado render mais