Skip To Content

Evite estes 6 erros na hora de fazer um churrasco

Evite estes 6 erros na hora de fazer um churrasco

Vai comandar a grelha e quer fazer bonito para a família ou os amigos? Eis uma grande responsabilidade. Existem pequenas dicas que são fundamentais para que se atinja o sucesso da empreitada de um churrasqueiro. Mas como fazer um bom churrasco?

Vamos começar pelo básico? Listamos 6 erros na hora de fazer churrasco. E o melhor: ensinamos como evitá-los. Veja abaixo e mãos à obra!

Exagerar no tempero
Pesar a mão nos condimentos é um erro clássico do churrasqueiro de primeiras viagens. E, sim, cada tipo de carne pede um tempero diferente, como é o caso do cordeiro que tem sabor marcante e precisa ser marinado. Já os cortes clássicos, como picanha, maminha, fraldinha e alcatra, devem ser temperados apenas com sal grosso, de preferência em sua versão triturada que já é vendida pronta. Deve se espalhar um pouco do sal no prato, ajustar a carne em cima dele e depois colocar mais sal por cima, sem exagero. Deixe a carne descansando por cinco minutos em temperatura ambiente para ganhar mais sabor.

Molhar o carvão
Conforme a gordura vai pingando no fundo da churrasqueira, o fogo toma força e o primeiro impulso para resolver essa questão é jogar água diretamente no carvão. Essa definitivamente não é a decisão correta, afinal, a churrasqueira perde calor, além de soltar fumaça e fuligem branca. Mas o que fazer? A dica é ter sempre uma reserva de cinzas – que pode ser guardada do churrasco anterior ou ser uma parte do churrasco em andamento. Pegue um punhado com uma espátula e espalhe em cima do fogo alto. 

Virar constantemente a carne
Uma vez colocada na grelha, aguarde a carne assar de um lado e, depois disso, vire-a para repetir o processo. Uma dica, se o bife tiver a espessura de mais de um dedo, é aguardar algumas gotículas vermelhas aparecerem na superfície da carne – esta é a hora correta de virar. 

Remover a gordura
A gordura é fonte de sabor e maciez para a sua carne, portanto, se for preciso removê-la, faça isso com o filé já assado e no prato. Aliás, esse processo começa na hora da compra: opte pelos pedaços de carne “marmorizados”, ou seja, aqueles que apresentam algumas riscas de gordura em suas fibras – isso é sinônimo de maciez. 

Colocar a carne na grelha antes da temperatura ideal
Talvez a dica mais importante na arte de como fazer churrasco, aguardar a churrasqueira aquecer é crucial para o resultado final da sua carne. Portanto, acenda-a por volta de uma hora antes de usar e, com o passar do tempo, aproxime a sua mão a 5cm da grelha: se em 5 segundos ela esquentar, é hora de o churrasco começar. 


Esquecer dos acompanhamentos
Eis um erro comum dos churrasqueiros de primeira viagem: ficar tão atento à carne e seu modo de preparo que acaba esquecendo dos acompanhamentos. E nada de servir apenas pão e farofa! Um churrasco de respeito pede pratos à altura, como um belo vinagrete, um arroz soltinho, uma cremosa salada de batata, o tradicional pão de alho e, para surpreender os amigos vegetarianos e veganos, alguns gostosos legumes para assar. Agora, sim!

Próximo artigo

Bife à parmegiana, acebolado, a rolê: como variar a carne do dia a dia

Bife à parmegiana, acebolado, a rolê: como variar a carne do dia a dia