Skip To Content

Panqueca: praticidade e sabor para todos os gostos

Panqueca: praticidade e sabor para todos os gostos

Reza a lenda que a panqueca tem origem em um feliz acidente culinário: uma mulher teria derramado mingau no fogo e percebeu que a mistura, além de cozinhar rapidamente, era saborosa e de fácil manuseio.

Acredita-se, ainda, que as panquecas tenham surgido na verdade há 9 mil anos, mas ninguém sabe precisar onde. Pode ser que suas raízes estejam no chapati, pão tipicamente indiano, ou nas panquecas chinesas. Os primeiros registros datam do século 1, na Roma Antiga – Apicius, gastrônomo romano que escreveu o livro de receitas De Re Coquinaria, chegou a documentá-la. Nesses escritos, descobre-se que as panquecas já eram feitas com leite, água, ovos e farinha. No entanto, os italianos defendem com fervor que a receita moderna surgiu quatro séculos mais tarde – no país deles, claro.

Controvérsias à parte, a verdade é que a panqueca é muito popular na Europa. No entanto, pode-se afirmar que os Estados Unidos tiveram papel fundamental na popularização da iguaria pelo mundo, principalmente quando falamos da panqueca doce. Além disso, tornou-se um prato muito comum nos cafés da manhã norte-americanos, com variações saborosas – como essa versão com mel e frutas que você pode fazer em casa.

As panquecas francesas são as famosas crepes, que podem ser doces ou salgadas, enquanto na Alemanha elas são feitas com batatas e levam o nome de kartoffelpuffer, servida comumente com geléia de maçã. Nas Américas Central e do Sul, elas costumam ganhar uma carinha diferente, sendo mais consumidas salgadas: mais fininhas, são servidas enroladas e super recheadas, geralmente com frango, carne ou atum. Na Itália, elas são os invólucros dos canelones, recheados com carne moída, verdura ou ricota.

No Brasil, a panqueca de carne é muito popular, tanto em restaurantes como em receitas de família. Ela também pode ganhar novos sabores, como nessa receita com creme de cebola Knorr e ervilhas misturadas ao recheio.

Quem gosta de uma receita mais light ou não pode consumir glúten, pode tentar a panqueca de frango sem glúten, feita com polvilho azedo e recheio prá lá de cremoso, com maionese Hellmann's. Há ainda essa versão com aveia na massa e recheio de frango com queijo cottage. Para uma versão doce e bem brasileira, temos a opção de panqueca de banana com farinha de coco Mãe Terra, gostosa e saudável.

Já a panqueca recheada de frutas vai bem tanto no café da manhã quanto como sobremesa: leva Amido de Milho Maizena, suco de laranja e maçãs. Quer mais ideias deliciosas de panquecas para começar bem o dia ou fazer um almoço leve e diferente? Vem ver aqui!

Próximo artigo

Confira 6 receitas vegetarianas saborosas para qualquer momento do seu dia

Confira 6 receitas vegetarianas saborosas para qualquer momento do seu dia