Skip To Content

Queijos e vinhos: 8 dicas para desfrutar essa deliciosa combinação em casa

Queijos e vinhos: 8 dicas para desfrutar essa deliciosa combinação em casa

Quem não ama queijo e vinho? Combiná-los, então, é a receita certa para um encontro muito prazeroso, principalmente se reunir as pessoas que a gente mais gosta.

O melhor de tudo: uma degustação com queijos e vinhos não é tão difícil de fazer. É preciso se atentar a alguns detalhes para o evento ser um sucesso, mas dá, sim, para criar uma deliciosa reunião com os amigos de queijos e vinhos. A gente ajuda você!

1) Quantidade por pessoa
Fique atento se a quantidade de queijos na mesa é compatível com o número de convidados presentes. Uma conta boa é de 250 gramas de queijo, 150 gramas de pães e meia garrafa de vinho por pessoa.

2) Variedade de opções
A harmonização entre queijos e vinhos é uma arte. Acerte em cheio seguindo esta escala:
a) Brie, Gouda ou Camembert vão bem com vinhos brancos
b)
Gorgonzola, Grana Padano e Blue Cheese combinam com tintos encorpados
c) Roquefort vai bem com espumantes ou vinhos licorosos
d)
Queijo de cabra, ricota ou cottage combinam com vinhos brancos bem leves e sutis

3) Atenção aos talheres
Cada queijo deve ter a sua própria faca, para que os sabores não se misturem.

4) Como servir o queijo
Existem tipos de queijos que pedem cuidado especial na hora de servir. O brie, por exemplo, deve estar exposto na mesa e só ser cortado, em formato triangular, na hora que for servido para, dessa forma, manter a sua cremosidade interna.

5) Como servir o vinho
Cada vinho tem a sua temperatura certa para ser servido. Espumantes e brancos devem estar gelados enquanto os tintos devem estar à temperatura ambiente.  

6) Taças a mais
Tenha sempre taças extras para não perder tempo preocupado em lavá-las durante o evento e também para imprevistos, como alguém quebrar uma delas – acontece!

7) Bebidas extras
Para acompanhar uma noite de queijos e vinhos, nada melhor do que sucos de frutas, água com e sem gás e até água de coco. Confira aqui mais ideias de bebidas.

8) A importância dos acompanhamentos
Queijo e vinho por si só já são saborosos por natureza, mas que tal alguns itens que enriqueçam essa experiência? Vários tipos de pães e bolachas de sabores neutros para acompanhar são uma boa pedida, assim como uma tábua de frios com patês e geleias. Que tal preparar um pão italiano caseiro para esse momento especial? 

Gostou das nossas dicas? Simples e eficientes, né? Basta segui-las com atenção para que sua harmonização seja um sucesso. Um brinde!


Próximo artigo

Bife à parmegiana, acebolado, a rolê: como variar a carne do dia a dia

Bife à parmegiana, acebolado, a rolê: como variar a carne do dia a dia