Skip To Content

Tipos de macarrão, dicas de preparo e qual o ponto ideal: confira

Tipos de macarrão, dicas de preparo e qual o ponto ideal: confira

Macarrão pode ser considerado uma das 7 maravilhas da cozinha: fácil de fazer, todo mundo gosta e permite mil e uma combinações e modos de preparo e vem em formatos para todos os gostos. E, apesar de fácil de fazer, a massa exige certa atenção aos detalhes, que diferem entre os tipos, além de alguns mitos sobre o macarrão que mudam bastante o resultado final do seu prato. Para te ajudar, a gente separou mais algumas dicas para você tornar a experiência ainda mais saborosa. Olha só:

Ponto da massa

O preparo tradicional é simples, mas é importante ficar de olho no relógio para ela não passar do ponto! O ideal é seguir o que manda a embalagem, mas, no geral, as massas comuns devem ser cozidas em água salgada fervente por 8 a 12 minutos. Assim ela fica "al dente", no ponto certinho.

Outra dica é colocar o azeite direto na massa (e não na água), já no escorredor, para ela não grudar. Quem preferir, pode substituir o azeite por uma colher de manteiga também. Ah, e não esqueça de separar um pouco da água do cozimento para incluir no molho – isso garante que a massa não vai ficar seca ou grudenta.

Você sabia?

Há outras formas de preparo da massa além da tradicional na água fervida. Você pode cozinhar o macarrão direto com o molho como nessa receita prática ao molho de queijo, ou prepará-lo no forno, também com os outros ingredientes, como nesse saboroso e fácil macarrão ao forno com legumes. E que tal dar um toque especial ao preparo básico com o Caldo Knorr Zero Sal Galinha? Saiba como nessa deliciosa receita de macarrão cremoso.

Dá até para fazer macarrão na panela de pressão! Aprenda nessa receita rapidinha e muito saborosa.

Massas e molhos

Você sabia que os tipos de macarrão "harmonizam" com diferentes molhos? Saiba qual molho é a melhor escolha para cada tipo de massa:

Massa longa

Os tradicionais espaguete, talharim e linguini combinam bem com molhos mais líquidos, de sabor marcante e menos cremosos, como bolonhesa, sugo, pesto, carbonara, putanesca, alfredo etc.

Massa curta

Fusilli, farfalle, rigatoni e penne são as chamadas massas curtas, super práticas de preparar e comer (nada de ficar enrolando o macarrão no garfo!). Elas vão bem com molhos mais substanciosos e super cremosos, principalmente os brancos e à base de queijo, mas que podem ser misturados a outros ingredientes, como esse saboroso macarrão com presunto e queijo, que ainda leva cebola, tomate e maionese Hellmann's.

Você também pode incrementar molhos tradicionais, como o bechamel, com outros ingredientes e deixar o prato ainda mais rico, como nesse penne ao molho bechamel com legumes.

Massas recheadas

Ravióli, capeletti, conchiglia, conchiglione… massas recheadas já são super saborosas e pedem molhos mais discretos, apenas como acompanhamento, ou podem até ser preparadas salteadas na manteiga, sem molho. Também ficam deliciosas gratinadas ou, para os dias mais frios, in brodo, como sopas.

Sem desperdício

Outra vantagem do macarrão é que, versátil como ele é, pode ser reaproveitado em diversos pratos diferentes. Sobrou massa na geladeira? Experimente usá-la nessa gostosa receita de macarrão cremoso. Fácil de fazer, saborosa e super nutritiva! Outra ideia é levar o que sobrou ao forno com legumes

Gostou dessas dicas? Então vem se inspirar com mais ideias aqui!

Próximo artigo

Bife à parmegiana, acebolado, a rolê: como variar a carne do dia a dia

Bife à parmegiana, acebolado, a rolê: como variar a carne do dia a dia